quinta-feira, 27 de setembro de 2012

MISS - Modelos de Intervenção # 2 - A Construção Social das Ideias

0 comments
Em todas as dimensões da atividade humana, as ideias são a base fundamental que move para a ação, no Serviço Social, não poderia deixar de ser do mesmo modo.

Definição de Serviço Social: segundo a IFSW International Federations of Social Work, a definição mais aceitavel do trabalho social é a de ser "uma profissão que promove a mudança social., a solução de problemas ao nivel dos relacionamentos e da autonomia das pessoas, com vista à melhoria do seu bem estar".

Os Direitos Humanos, são o grande principio do trabalho social, e levar a Justiça Social às pessoas no seu ambiente onde interagem é um dos maiores objetivos na intervenção social, baseado nas teorias de comportamento humano.

Continua ...
Read more...

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

PF - Políticas da Família # 2 - Sobre a Avaliação e Trabalhos de Grupo.

0 comments
Avaliação, pode processar-se de dois modos, Avaliação Contínua e em Exame Final por exame. A primeira compreende um conjunto de avaliações com os seguintes pesos percentuais: Teste a realizar dia 26 de novembro (50%), Trabalho de Grupo (40%) e
Participação nas aulas (10%), fazendo assim 100% no total dos elementos de avaliação;  O exame final é de (100%) para a nota final.
O Teste, ocorre como acima dito na ultima semana de novembro, e terá apenas 5 perguntas das quais teremos de responder a quatro de forma concisa, sai na prova temas como famílias multi-problemáticas, contexto sociológico,  entre outros itens abordados em aula.
O Trabalho de Grupo, deve ser feito até 4 pessoas, no grupo 11 estão Andreia Nicolau, Gabriela Afonso, Filipe de Freitas Leal e Joana Barros, sendo a apresentação dia 10 de dezembro por power-point e a entrega em formato papel, ou trabalho escrito no dia 13 de dezembro, via e-mail.




Read more...

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

MISS - Modelos de Intervenção em Serviço Social # 1 - Apresentação

0 comments
A Cadeira de Modelos de Intervenção em Serviço Social, é uma cadeira obrigatória do 1.º semestre do 3.º ano do Curso de Serviço Social - Pós Laboral do ISCSP/UTL Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade Técnica de Lisboa, no ano letivo de2012/13, cadeira esta que equivale no final a 5 créditos, 5 ECTS.

A Professora Assistente é a Mestre Ana Esgaio, (foto ao lado) é quem ministra esta cadeira, que faz parte da área cientifica das Cadeiras específicas de Serviço Social, tendo uma carga horária de 3 horas semanais para um total previsto de 39 horas em sala de aula, e mais 130 horas de estudo.
Professora Ana Esgaio
A metodologia adotada é o ensino teórico-prático, com exposições temáticas com recurso a apresentações multimédia, power-point, análise, discussão de textos, debates, trabalhos de grupo e trabalhos individuais, com a devida orientação da Professora, face ao tema proposto e à metodologia de estudo adequada.
O maior constrangimento é o tempo, apenas 13 aulas de 3 horas, sendo o primeira parte das 19h30 às 20h50 e a segunda das 21h10 às 22h30.
Objetivos da cadeira são, proporcionar instrumentos teóricos que permitam desenvolver conhecimentos teóricos e competências de análise aos alunos de Serviço Social, no que refere à realidade e enquadramento da intervenção social, bem como dar a conhecer as variadas técnicas e modelos de intervenção social, num âmbito que ultrapassa as meras políticas sociais, e tem como cerne do trabalho a pessoa no contexto de crise de acordo com as diferentes abordagens preconizadas. Os conhecimentos adquiridos permitem ao aluno compreender o complexo campo do trabalho social onde a criatividade e sensibilidade são condições sine qua non para o exercício de um bom trabalho de campo.
De um modo mais específico, esta cadeira visa equacionar propostas de intervenção no trabalho social, de modo alternativo, de acordo com o contexto e as abordagens apropriadas.
Competencias a adquirir, esta cadeira, visa desenvolver nos estudantes três competencias básicas face ao trabalho social, a saber:
Competencias instrumentais:
  1- Análise e sinteze de diferentes correntes teóricas da intervenção social.
  2- Trabalho, informação e seleção de metodologias de intervenção no sentido de resolução de situações concretas.
- Competências interpessoais:
  1- Trabalho em grupo, com o focu nas questões de cooperação e liderança.
  2- Comunicação eficaz.
- Competências sistémicas:
  1- Automotivação para a aprendizagem continua,
  2- Aplicação de conhecimento a uma diversidade de situações (adaptação a situações novas),
  3 Adequação da intervenção a desenvolver, no sentido da sua qualidade.
A Bibliografia recomendada é Teoria do Trabalho Social Moderno, de Malcom Payne, bem como uma vasta lista que é entregue a cada aula pela professora, como modo de complemento dos conhecimentos adquirido sem sala de aula, tais como obras de Ander Egg, James Barber, Carlo Rogers entre outros.
O Programa, o programa da cadeira é aqui exposto, capítulo a capítulo e visa orientar o desenvolvimento das aulas e respectivas datas, tendo iniciado a 20 de setembro de 2012.

1ª aula - 20/09
1- Apresentação e Conteúdo programático
2- Introdução à construção social das teorias

2ª aula - 27/09
1- Prática Anti-Opressiva - Modelos teóricos na compreensão da pessoa na situação

3ª aula - 04/10
1- Aprendizagem e desenvolvimento humano - Modelos teóricos na compreensão da pessoa na situação. 

4ª aula - 11/10
1- Modelos teóricos no diagnóstico, modelos diagnósticos > Conceitos de necessidades

5ª aula - 18/10
1- Modelos teóricos no diagnóstico, perspectiva das forças e resiliência Abordagem de aconselhamento > Diagnóstico de risco.

6ª aula - 25/10
1- Modelos teóricos para a Intervenção e mudança social - Abordagem de aconselhamento > Psicodinâmica.

7ª aula - 08/11
1- Modelos teóricos para a Intervenção e mudança social - Abordagem de aconselhamento > Comportamentalisata -cognitivista.

8ª aula - 15/11
1- Modelos teóricos para intervenção e mudança > Abordagens de aconselhamentol > Humanista existêncialista.

9ª aula - 22/11
1- Modelos teóricos para intervenção e mudança > Abordagens de empowerment and advocacy.

10ª aula - 29/11
1- Modelos teóricos para intervenção e mudança > Abordagem de Serviço social > "sistémica"

11ª aula - 06/12
1- Modelos teóricos para intervenção e mudança > Abordagens de serviço social > "intervenção em crise".

12ª aula - 13/12
1- Modelos teóricos para intervenção e mudança > Abordagens de serviço social, Pratica "centrada na tarefa".

13ª aula - 20/12
1- Modelos teóricos para intervenção e mudança,
2- Abordagens de serviço social conferências familiares.
3- "Abordagem eclética".
Read more...

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

PF - Políticas da Família # 1 - Apresentação

0 comments
A Cadeira de Políticas da Família, é uma cadeira obrigatória do 1.º semestre do 3.º ano do Curso de Serviço Social - Pós Laboral do ISCSP/UTL Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade Técnica de Lisboa, no ano letivo de 2012/13,
cadeira esta que equivale no final a 5 créditos.
A Professora Auxiliar Drª. Maria José Núncio, (foto à direira) é quem ministra esta cadeira, que faz parte da área cientifica da Política Social, tendo uma carga horária de 3 horas semanais para um total previsto de 130.
Professora Maria José Núncio
A metodologia adotada é o ensino teórico-prático, com exposições tematicas com recurso a apresentações multimédia, power-point, análise, discussão de textos e orientação de trabalhos.
Objetivos da cadeira são, permitir compreender as orientações da políticas públicas voltadas para a família, bem como distinguir as diferentes áreas das políticas sociais que afetam a família ou que a ela estejam ligadas; Prevê também a grosso modo, o conhecimento histórico e sociológico da família, e o modo como a família interage no contexto social, influenciando-o e recebendo dele influencias, e compreender a importância das politicas sociais na promoção da família, e diagnosticar contextos familiares, suas funções e disfunções, bem como o de poder desenhar políticas publicas aplicadas à família.
A Bibliografia adotada é entre outros livros, o "Sociologia da Família" de Chiara Saraceno e Manuela Naldini, da coleção "Ensaios Sociológicos" da Editorial Estampa, 406 pgs. 16,50 €.
O Programa, o programa da cadeira é aqui exposto, capítulo a capítulo e visa orientar o desenvolvimento das aulas e respectivas datas, tendo iniciado a 17 de setembro de 2012.
0. Apresentação
1- Conteúdo programático – 17/09
2- Informações sobre avaliação e trabalhos de grupo – 24/09
I. Introdução teórico-conceptual
1- Principais conceitos e indicadores de análise à temática da família – 01/10
2- Breve retrato da evolução histórico-sociológica da família – 08/10
3- Contexto social actual e seus impactos na família – 15/10
4- As "novas famílias" – 22/10
II. Dimensões das Políticas de Família
1. Família e Estado: as políticas públicas orientadas para a Família – 29/10
2. Tempos e conciliação trabalho/família – 05/11
3. Parentalidade e educação – 12/11
4. Conjugalidade, separação e divórcio – 12/11
5. Pobreza e exclusão: impactos na família – 19/11
6. O apoio aos idosos – 19/11
III. Análise prospectiva: o lugar da família nas políticas públicas – 03/12

IV. Frequência
1. Teste Escrito 26/11
V. Trabalho de Grupo
1.     Apresentações – 10 e 17/12

2.     Entrega de Texto escrito 17/12


Read more...

Horário do 1º Semestre do 3º Ano - SS-PL

0 comments
Iniciou-se a 17 de setembro de 2012, o primeiro dia de aulas, do 1º semestre do 3º Ano, do Curso de Serviço Social, no Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas,
a novidade é que há um conjunto de disciplinas neste ano que aprofundam a técnica do trabalho social apoiado em estudo de Políticas Públicas e Políticas Sociais, para além disso, a cadeira de "Laboratório I" LAB I, da Professora Doutora Paula Campos Pinto, que é a Coordenadora do ODDH Observatório da Deficiência e dos Direitos Humanos, ligado à DRPI - Portugal, um Observatório da ONU, que solicita a várias Universidades em Todo o Mundo, a organização de um observatório similar a nível nacional, e no qual tive a honra de participar,  no entanto falhei ao não conseguir criar um site com acessibilidade para pessoas invisuais, mas aprendi imenso com o Laboratório bem como colaborei a coligir informação para o mesmo, através do CAPP Centro Administrativo e de Políticas Públicas do ISCSP/UTL.
Clique na imagem para visualizar  melhor.
Read more...

Calendário Letivo Serviço Social - 2012/2013

0 comments
E os estudos somam e seguem, sem ter reprovado o ano, embora com algumas cadeiras em atraso, que é o caso de Inglês nível II (ENG II), Métodos e Técnicas de Investigação Sociológica I e II (MTIS I e II)
e Economia Social (ECO-S)
que obviamente fazem parte do objetivo deste ano para que seja feito o esforço necessário para passar a estas cadeiras, bem como às outras que fazem parte do 3º Ano da Licenciatura de Serviço Social do ISCSP.

Este Ano Letivo de 2012/2013, tem o seu inicio às 18h00 do dia 17 de setembro de 2012 e o seu término no dia 31 de maio de 2013.

É um ano em que o programa incidirá sobretudo no Estudo das Políticas Públicas e Políticas Sociais, que são de suma importância para a Práxis do Serviço Social.


Abaixo temos a imagem da Cantina Social do Polo Universitário da Ajuda, da então Universidade Técnica de Lisboa, que a partir de janeiro de 2013, funde-se com a Universidade Clássica, formando assim uma  nova Universidade de Lisboa e na qual esta cantina juntar-se-á a uma maior rede de cantinas sociais de alunos de todos os polos universitários, quer seja o da Ajuda, quer seja o do Campo Grande ou outros.



Read more...

3º Ano - Serviço Social- Pós Laboral - 2012/2013

0 comments
O Novo ano letivo do ensino superior iniciou a 17 de setembro de 2012, sendo, respectivamente o 3º Ano do meu curso de Serviço Social, em regime Pós-Laboral, para o qual elaborei este Plano de Estudos abaixo.

É o ano em que se acentuam o aprofundamento sobre as políticas públicas e sociais, surge a disciplina de Modelos de Intervenção, que formam o conjunto de conhecimentos teórico-práticos da práxis do trabalho social.

Profª. Paula Campos Pinto
Inicia-se também a prática laboratorial, do serviço social, neste caso estarei ligado a um projeto de estudos sobre direitos humanos das pessoas portadoras de deficiencia, através de um organismo da ONU, que solicitou a universidades de todo o Mundo, e em Portugal, calhou ao ISCSP, devido à sua grande qualidade no desenvolvimento de cursos de Política Social, formando assim o ODHD Observatório dos Direitos Humanos e da Deficiência, que é coordenado pela Professora Doutora Paula Campos Pinto.







Read more...

LinkWhithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...