quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

DC - Desenvolvimento Comunitário # 1 - Apresentação

0 comments
A Cadeira de Desenvolvimento Comunitário, é uma cadeira obrigatória do 2.º semestre do 3.º ano do Curso de Serviço Social - Pós Laboral do ISCSP/UTL Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade Técnica de Lisboa, no ano letivo de 2012/13, 
cadeira esta que equivale no final a 5 créditos (ECT’s).
A Professora Auxiliar Convidada Doutora Paula Campos Pinto, (foto abaixo) é quem ministra esta cadeira, que faz parte da área científica da Política Socialtendo uma carga horária de 3 horas semanais para um total previsto de 130.
A metodologia é feita através da leitura de livros indicados aos alunos e de exposições realizadas em aula, cada aluno é convidado a exercitar o seu senso critico e espírito de análise, com o intuito de operacionalizar os conhecimentos, devendo contudo serem promovidas atividades que permitam a análise e aplicação de conceitos, resultando na aquisição de competências teóricas e metodológicas, que por outro lado possam ser posteriormente aplicadas pelos alunos em situações de trabalho em contexto macrossocial.
Sistema de avaliação: Avaliação contínua (apresentação oral - 50%- e apresentação escrita - 50% de trabalho de grupo) ou, em alternativa, exame final de avaliação de conhecimentos escrito (100%).
Objetivos da cadeira são: Saber diagnosticar adequadamente situações-problema e definir estratégias de intervenção social em contexto comunitário, nomeadamente:
1. Reconhecer as principais variáveis em jogo no trabalho comunitário;
2. Discutir a relação entre Desenvolvimento Comunitário, funções económicas e sociais do Estado e cidadania;
3. Identificar a estrutura conceptual do Desenvolvimento Comunitário;
4. Reconhecer a contribuição da Antropologia Aplicada, da Sociologia de Intervenção e da Abordagem Sistémica para o Desenvolvimento Comunitário;
5. Descrever e discutir a metodologia do Desenvolvimento Comunitário nas suas diversas fases;
6. Aplicar o Desenvolvimento Comunitário a várias situações.
Espera-se que os estudantes desenvolvam competências:
- De caracterização dos diferentes contextos de trabalho em comunidade;
- De utilização de técnicas adequadas em contextos diferenciados;
- Para saber situar-se em termos emocionais perante situações potencialmente violentas.
A Bibliografia adotada é entre outros livros, os abaixo indicados:
Carmo, Hermano (1999) "Desenvolvimento Comunitário" Lisboa,  Universidade Aberta, 2ª edição, 304 pgs. 17,16 €.
Carmo, Hermano (2000), 'A Atualidade do Desenvolvimento Comunitário como estratégia de Intervenção Social. , in Actas da 1ª Conferência sobre Desenvolvimento Comunitário e Saúde Mental, Lisboa, ISPA
O Programa, desta cadeira é aqui exposto, capítulo a capítulo e visa orientar o desenvolvimento das aulas e respectivas datas, tendo iniciado a 20 de setembro de 2013.
1. O processo de intervenção social em comunidades
2. As alterações do ambiente de intervenção social
3. O desenvolvimento comunitário: enquadramento geral
4. Antropologia aplicada (AA) e desenvolvimento comunitário
5. Sociologia de intervenção e desenvolvimento comunitário
6. Metodologia da intervenção comunitária
7. Campos específicos do desenvolvimento comunitário

Professora Doutora Paula Campos Pinto
Post de 3.5'minutos.

0 comments:

Enviar um comentário

LinkWhithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...