terça-feira, 12 de abril de 2016

1.ª Prova de Teoria Geral do Serviço Social - I

0 comments
1.ª Prova de Teoria Geral do Serviço Social - I
ISCSP – Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da antiga Universidade Técnica de Lisboa (UTL) em 11/11/2010 (Época de Recurso).
Para o 1.º Ano do curso de SS – Serviço Social. (Licenciatura - Regime Pós-Laboral)
Duração: 1h00’

Das cinco questões apresentadas responda apenas a quatro.
O Teste de conhecimentos foi planeado para ter uma duração de 1 hora, pelo que, deve organizar o tempo dedicado a cada resposta, que não deve exceder os 15 minutos. O planeamento do tempo de resposta permite ficar com 30 minutos para rever o texto que escreveu adequando o uso dos conceitos apreendidos na disciplina.

1 – A Obra de Juan Luís Vives (“Do auxílio aos Pobres”, 1506) representa uma tentativa pioneira para organizar a assistência aos pobres. Justifique esta afirmação destacando os aspectos em que o pioneirismo é mais evidente.

2 – Qual foi o contributo de William Booth para o Serviço Social ao fundar a Missão Cristã (em 1864), obra que veio a transformar-se no Exército de Salvação (em 1878)?

3 – O objetivo central de Samuel Barnett ao instituir os Social Settlements (com a Toynbee Hall, em 1884) consistia em mobilizar a vontade de mudança e estimular o emprenho em fazer algo por si. Em que aspectos é que o seu contributo permitia concretizar este objetivo?

4 – A C.O.S. de Londres é um exemplo paradigmático de uma isntituião de relação. Analise a importância de uma “instituição de relação” no Serviço Social.

5 – Faça uma análise critica da experiência  da C.O.S. de Londres destacando as vantagens e as desvantagens da sua atuação (a partir de 1869).


Bom Trabalho!

0 comments:

Enviar um comentário

LinkWhithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...